Compartilhe:

DAMEF E VAF 2014 PRAZO 31/05/2014



23/05/2014


 

Secretaria da Fazenda orienta sobre a entrega da DAMEF/VAF 2014

 

85 mil empresas estão obrigadas a transmitir a DAMEF/VAF, cujo prazo termina em 31 de maio de 2014. Empresas do Simples Nacional devem observar normas da Receita Federal.

 

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF) já está recepcionando a transmissão eletrônica da Declaração Anual do Movimento Econômico Fiscal (DAMEF/VAF) de aproximadamente 85.000 empresas inscritas no cadastro de contribuintes do ICMS nos regimes de recolhimento Débito e Crédito, Isento ou Imune, relativa ao exercício de 2014, ano-base 2013, conforme previsto na Portaria SRE nº 126, de  14 de fevereiro de 2014,  publicada no Diário Oficial do Estado em 15/2/2014. O prazo final para a entrega das declarações é 31 de maio de 2014.

 

O Coordenador de Assuntos Municipais da SEF, Luiz Antônio Soares, recomenda às empresas obrigadas à entrega do referido documento que antecipem a sua transmissão, não deixando para a última hora, evitando, dentre outros tipos de problemas, a sobrecarga no sistema de transmissão ou a aplicação de multas por atraso.

 

A partir da entrega da DAMEF/VAF é que a Secretaria de Estado da Fazenda apura o índice de participação que cada município terá no total da receita proveniente da arrecadação do ICMS e do IPI exportação.

A omissão na entrega da declaração é extremamente prejudicial ao município de localização do estabelecimento do contribuinte, pois impossibilitará que o ICMS/IPI arrecadados pelo Estado/União seja a este destinada.

A multa por deixar de entregar a DAMEF à Secretaria de Estado de Fazenda (SEF-MG), varia de 100 a 500 UFEMG, conforme previsto no artigo 215 do Regulamento do ICMS.

Simples Nacional

A obrigação da DAMEF/VAF não se aplica a contribuintes participantes do Simples Nacional.

Nesse caso, os documentos se chamam: Declaração de lnformacões Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS), Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (PGDAS-D) e Declaração Anual do Simples Nacional (DAS-SIMEI), e devem ser entregues à Receita Federal do Brasil (RFB), que posteriormente repassará às secretarias estaduais de Fazenda os dados e valores necessários à apuração dos índices de participação dos municípios.

Parceria com os Municípios

A Secretaria da Fazenda conta também com o apoio e a parceria das prefeituras mineiras no sentido de incentivar ou cobrar de contribuintes e contadores a transmissão das declarações, pois é através delas que se apura o Valor Adicionado Fiscal (VAF) municipal e, consequentemente, o índice de participação de cada município nos repasses de receita do ICMS e do IPI.

Como obter o programa VAF

O programa VAF (para preenchimento da Declaração) está disponível no sítio eletrônico da SEF:

http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/declaracoes_demonstrativos/vaf/obtervaf.htm

Fonte: SEFAZ MG




REGISTRO DO COMÉRCIO – Normas ALTERAÇÃO
Demandas da classe contábil para o presidente eleito Jair Bolsonaro
Microempresa: 10 perguntas mais frequentes
SIMPLES NACIONAL TRATAMENTO TRIBUTÁRIO RELATIVO À ALTERAÇÃO DO REGIME DE APURAÇÃO DO ICMS
Quais empresas estão obrigadas a contratar jovens aprendizes?


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação