Compartilhe:

FALTA OU ATRASO NA ESCRITURAÇAO CONTABIL REGULAR DA EMPRESA



29/08/2014


Prezado cliente:

A escrituração contabil regular, faz todos os lançamentos nos livros competentes através de toda documentação que houve movimentação financeira, fiscal, operacional e administrativa da empresa.

A falta de organização e de controles internos nesta documentação ou a falta de comprovação nos pagamentos ou nos recebimentos, nos causa um enorme atraso nestas escriturações contábeis.

Os documentos inidôneos, parciais, pendentes ou incompletos, atrasarão as conciliações bancarias e de contas e conseqüentemente atrasos nos fechamentos e encerramentos desta escrituração contabil e nas demonstrações financeiras, tais como: balanço patrimonial, Demonstração de Resultado do Exercício, balancetes e outras. Lembramos que sem estas demonstrações financeiras citadas, a sua empresa estará impedida de fazer, de ter ou de participar:

  1. Em processo de falência, de pedir Recuperação judicial e ir direto para sua falência;

  2. Nas demandas trabalhistas, não comprovação das obrigações trabalhistas;

  3. Nas dissidências societárias,será prejudicada a apuração dos direitos e deveres dos sócios perante o patrimônio líquido;

  4. No acerto de contas, o qual poderá levar os responsáveis a responder judicialmente pelas omissões devido à ausência da contabilidade;

  5. A não gera informações contábeis suficientes para o empreendedor tomar decisões a respeito dos resultados econômicos, assim como da evolução patrimonial de sua empresa;

  6. A decisão de investir, de reduzir custos ou de praticar outros atos gerenciais deve-se sustentar em dados técnicos extraídos dos registros contábeis colocando em risco o seu patrimônio;

  7. Não terá as Analises Financeiras de balanços, conseqüentemente os índices de liquidez, estrutura de capital e rentabilidade para os diversos fins;

  8. Apurar o resultado da empresa e optar pela tributação no lucr o real em suas operações

  9. De participar de concorrência e licitações por falta das  demonstrações financeiras (balanço patrimonial), de fornecer mercadorias e serviços para o governo federal através de registro no SICAF (Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores);

  10. De participar de concorrência e licitações por falta das  demonstrações financeiras (balanço patrimonial), de  fornecer mercadorias e serviços para o governo estadual de MG através de registro  no SEPLAG MG (Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão)

  11. De alterar a forma jurídica da empresa, como para S/A com ações no mercado aberto. 

Por isto, solicitamos que atenda as nossas CE s (comunicação externa) de todos os nossos departamentos, referente as pendências e falta de documentação o mais rápido possível, para não haver atrasos nas conciliações bancarias e de contas e conseqüentemente atrasos na escrituração contabil e nas demonstrações financeiras




REGISTRO DO COMÉRCIO – Normas ALTERAÇÃO
Demandas da classe contábil para o presidente eleito Jair Bolsonaro
Microempresa: 10 perguntas mais frequentes
SIMPLES NACIONAL TRATAMENTO TRIBUTÁRIO RELATIVO À ALTERAÇÃO DO REGIME DE APURAÇÃO DO ICMS
Quais empresas estão obrigadas a contratar jovens aprendizes?


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação