Compartilhe:

DEPRECIAÇAO - Bens de Pequeno Valor a partir de 2015



21/11/2014


DEPRECIAÇAO

Aquisição de Bens de Pequeno Valor  a partir de 2015

 

O custo de aquisição de bens do Ativo Não Circulante não poderá ser deduzido como despesa operacional, salvo se o bem adquirido tiver valor unitário não superior a R$ 326,61 (Trezentos e vinte e seis reais, e sessenta e um centavos), ou prazo de vida útil  que não ultrapasse um ano (art. 301 do Regulamento do Imposto de Renda – Decreto n° 3.000/99).

A lei n° 12.973/14, em seu artigo 2°, ampliou o referido limite para R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais), contudo a vigência dependerá da opção da empresa que poderá ser a partir de 2014 ou 2015 e esta opção será manifestada por ocasião da entrega da DCTF de Maio que ocorrerá no mês de Julho de 2014, de acordo com a Instrução Normativa RFB n°1.469/14.




NOVOS CFOPs (Código Fiscal de Operações e Prestações) A PARTIR DE 2018
CARTA DE CORREÇÃO ELETRÔNICA (CC-e) PARA NOTA FISCAL ELETRÔNICA ( NF-e)
DOCUMENTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO
Receita abre na quinta-feira (8/2) a consulta ao lote residual de restituição multiexercício do IRPF
PGFN publica procedimentos para consolidação de débitos parcelados com prejuízos fiscais


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação