Compartilhe:

NOVA TABELA IMPOSTO DE RENDA A PARTIR 01/04/2015



11/03/2015


A MP 670 DE 10/03/2015 alterou a Lei nº 11.482/2007 para estabelecer novos valores da tabela de cálculo do Imposto de Renda na Fonte Pessoa Física que entrou em vigor a partir de 1o de Abril de 2015.

O Imposto de Renda incidente sobre todos os rendimentos de Pessoas Física tais como: SALARIOS,PROLABORE/LOCAÇÕES/INSS(APOSENTADO/PENSIONISTA)ALUGUÉIS/RECEITAS E RENDIMENTOS NÃO ASSALARIADOS DE FRETES, HONORÁRIOS/AUTÔNOMOS/TRANSPORTE/ARRENDAMENTO/SERVIÇOS GERAIS, DENTRE OUTROS, serão calculados  de acordo com as alíquotas da seguinte tabela progressiva, mensal, a saber:

 

TABELA PROGRESSIVA MENSAL A PARTIR DE ABRIL/2015

BASE DE CÁLCULO MENSAL

ALÍQUOTA

PARCELA A DEDUZIR

 Até R$ 1.903,98

ISENTO

 R$  0,00

De R$ 1.903,99  ate  R$ 2.826,65

7,50%

R$ 142,80

 De R$ 2.826,66  ate  R$ 3.751,05

15,00%

R$ 354,80

De R$  3.751,06  ate R$ 4.664,68

22,50%

R$ 636,13

 Acima de R$  4.664,68

27,50%

R$ 869,36

 DEDUÇÕES ADMITIDAS:

a) a quantia de R$ 189,59  por dependente;

b) parcela isenta de rendimentos provenientes de aposentadoria e pensão, até a quantia de R$ 1.903,98 por mês, a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos de idade;

c) as importâncias pagas em dinheiro, a título de alimentos ou pensões, em cumprimento de acordo ou decisão judicial, inclusive a prestação de alimentos provisionais;

d) as contribuições para a Previdência Social da União, dos Estados e do Distrito Federal e dos Municípios;

e) as contribuições para as entidades de Previdência Privada, domiciliadas no País, cujo ônus tenha sido do contribuinte, destinadas a custear benefícios complementares aos da Previdência Social, no caso de trabalhador com vínculo empregatício, de administradores, aposentados e pensionistas.

 

 

Sendo só para o momento, ALERTAMOS para os novos valores de descontos a serem efetuados nos pagamentos a partir de 01/04/2015, e estamos a disposição para os demais esclarecimentos que se fizerem necessários. 

 Atenciosamente,




Receita Federal modifica idade de dependentes para inclusão na DIRPF 2018
4 PRINCIPAIS MUDANÇAS NO SIMPLES NACIONAL PARA 2018
Declaração de Serviços Médicos (DMED)
SIMPLES NACIONAL: REDUÇÃO INDEVIDA GERA MULTAS, JUROS E REPROCESSAMENTO DE OBRIGAÇÕES
Adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária já está disponível até 14 de novembro


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação