Compartilhe:

Refis da crise: prazo para informar ao Fisco começa em setembro



16/09/2015


 

Já está aberto o prazo para aderir à terceira e à quarta etapas do Programa Especial de Parcelamento de Dívidas com a União (Refis da Crise) e obter desconto nas multas e nos juros mediante renegociação das dívidas.
A consolidação das dívidas será dividida em dois períodos, segundo o tipo de contribuinte. As empresas médias e grandes no período de 08 a 25 de setembro. Micro e pequenas empresas doSimples Nacional, junto com pessoas físicas, de 05 a 23 de outubro.

A consolidação serve para o contribuinte declarar os débitos que quer renegociar e definir o prazo e o valor das parcelas. É feita na Receita Federal, no caso de dívidas tributárias, ou na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), quando já estiver inscrito na dívida ativa.

Fonte: Agência Brasil

 




NOVOS CFOPs (Código Fiscal de Operações e Prestações) A PARTIR DE 2018
CARTA DE CORREÇÃO ELETRÔNICA (CC-e) PARA NOTA FISCAL ELETRÔNICA ( NF-e)
DOCUMENTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO
Receita abre na quinta-feira (8/2) a consulta ao lote residual de restituição multiexercício do IRPF
PGFN publica procedimentos para consolidação de débitos parcelados com prejuízos fiscais


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação