Compartilhe:

Descontos e Bonificações – Dedução na Receita Bruta



02/09/2016


Para fins de apuração da base de cálculo do IRPJ e da CSLL a concessão de bonificações em operações de natureza mercantil, com o fito de manter fidelidade comercial e ampliar mercado, visando aumento de vendas e possivelmente do lucro, é considerada despesa operacional dedutível na apuração do Lucro Real, devendo, entretanto, as bonificações concedidas, guardar estrita consonância com as operações mercantis que lhes originaram (para não caracterizar simples doação de mercadorias).

Por analogia, no caso de empresas optantes pelo Lucro Presumido, tais parcelas podem ser consideradas redutoras da receita bruta.

O desconto concedido na nota fiscal cujo destinatário está sediado na Zona Franca de Manaus, de valor equivalente ao ICMS incidente na operação, em atendimento à legislação que concede a isenção desse tributo, reveste-se da qualidade de desconto incondicional, podendo ser deduzido da receita bruta para fins de apuração da base de cálculo do IRPJ e da CSLL.

Entendemos, por extensão, que tais deduções aplicam-se também na apuração do PIS e COFINS.

Bases: Lei 7.689/1988, art. 2º, Decreto-Lei 1.598/1977, art. 12, Solução de Consulta Cosit 211/2015 e Solução de Consulta Cosit 212/2015.




Receita Federal cancela o PERT de mais de 700 “viciados em Refis”
NF-e 4.0 - SAIBA O QUE MUDA COM A NOVA VERSÃO
A desoneração do Funrural na cadeia do agronegócio pela Lei 13.606/2018
ESOCIAL PASSA A SER OBRIGATÓRIO PARA MEI E MICRO E PEQUENAS EMPRESAS A PARTIR DE NOVEMBRO
Valuation - Você sabe quanto vale sua empresa?


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação