Compartilhe:

DOCUMENTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO



06/02/2018


O novo documento dispensa a apresentação de CPF, certidão de nascimento, de casamento e título de eleitor

Assinar podcast

Repórter Nacional

No AR em 05/02/2018 - 12:00

Imagine reunir todos os seus dados num único documento? Essa é a promessa do Documento Nacional de Identidade lançado nesta segunda-feira (05). A nova identificação dispensa a apresentação de CPF, certidão de nascimento, de casamento e título de eleitor. O documento vai utilizar informações da Receita Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, que tem o maior cadastro biométrico do Brasil, com mais de 73 milhões de pessoas cadastradas com foto e impressão digital. De acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, o documento terá o custo para os cofres públicos de R$0,10 por habitante.

No lançamento, o presidente Michel Temer destacou que o novo documento é mais seguro, já que oferece informações mais completas. 

De acordo com o Governo, o projeto-piloto de implantação será usado inicialmente pelos servidores do TSE e do Ministério do Planejamento, para que possam sugerir eventuais ajustes, caso sejam necessários. A partir de julho, a expectativa é de que o documento esteja disponível para todos os cidadãos.

O Documento Nacional de Identidade poderá ser digitalmente gerado por meio de aplicativo gratuito em smartphones ou tablets nas plataformas Android e IOS. Após a instalação do aplicativo, o usuário deverá comparecer ao Tribunal Regional Eleitoral para concluir o cadastro, que exige registro de identificação biométrica e validação dos dados para dar início à geração do documento.

Confira essa e outras notícias no Repórter Nacional edição das 12h.

 

TAGS:  DOCUMENTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO

http://radios.ebc.com.br/reporter-nacional/2018/02/documento-nacional-de-identificacao-e-lancado-pelo-governo?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=Press+Clipping+Fenacon+-+06+de+fevereiro+de+2018+%26%23128240%3B




PERT das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte PERT-SIMPLES NACIONAL
Novas Regras Empresas devem seguir novo procedimento para vender ao poder público
IRPF 2018 - VEJA 4 MOTIVOS PARA DECLARAR MESMO SEM SER OBRIGADO
Receita Estadual implanta novo sistema e-Fisco
TRT-12 SUSPENDE RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação