Compartilhe:

Caixa disponibiliza aplicativo da GRRF que inibe cálculo da Contribuição Social de 10%



03/01/2020


A Caixa – Caixa Econômica Federal, nos dias 1 e 2-1-2020, disponibilizou em seu sítio, no endereço eletrônico: http://www.caixa.gov.br/site/paginas/downloads.aspx, FGTS – Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS (GRRF), os novos instaladores do aplicativo GRRF, bem como o Manual de Orientação, ajustados para atendimento às alterações provenientes da Medida Provisória 905, de 11-11-2019, com relação à extinção da Contribuição Social de 10% calculada sobre o montante de todos os depósitos do FGTS, nas hipóteses de demissões de empregados sem justa causa, de que trata a Lei Complementar 110, de 29-6-2001.

De acordo com o Manual de Orientações Aplicativo Cliente da GRRF, a cobrança dos 10% da Contribuição Social extingue-se quando a data de afastamento do trabalhador for igual ou superior a 1-1-2020.

Segundo a Caixa, a nova versão inibe a geração da Contribuição Social de 10% e é necessário remover a versão anterior antes da instalação.

Confira, a seguir, o Manual de Orientação e os novos instaladores:

Manual de Orientações do Aplicativo Cliente da GRRF ICP - versão 3.3.1
Instalador do Aplicativo Cliente GRRF AR
Instalador do Aplicativo Cliente GRRF ICP




MEI - Saiba como formalizar a sua empresa
Novo sistema para regularização de obras entra em vigor no dia 1º de junho SERO
INSS: Você ainda pode se aposentar com as regras antigas?
Como funciona a declaração do Imposto de Renda para quem é MEI
FGTS, 15 situações que permitem o saque esse ano


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação